O futuro chegou

15/05/2017 às 3:35 - Atualizado em 24/05/2017 às 3:00

1

O caminhão Iveco Z Truck antecipa a mudança para a energia verde e também altera o papel do caminhoneiro profissional.

Iveco Z Truck oferece zero de emissões de CO2 por intermédio de tecnologia de gás natural liquefeito otimizado e o uso de biometano. O conceito é baseado em um caminhão pesado rodando com Bio-LNG (gás natural liquefeito) com tanques moldáveis, aerodinâmica melhorada e um sistema de recuperação de calor. Ideal para o transporte de longa distância com autonomia de 2.200km e praticamente zero emissões de CO2.

2

O conceito Zero é levado a outros elementos do Iveco Z Truck, incluindo zero acidentes por meio do uso avançado de tecnologias de direção autônoma. O projeto centrado no motorista visa alcançar zero estresse e perda de tempo. A cabine é livre de restrições tradicionais para ser reconfigurada de acordo com os diferentes usos (direção, direção autônoma, escritório e descanso) e a IHM (Interação Homem-Máquina) para se adaptar à maneira como as informações necessárias serão fornecidas: a informação certa, na hora certa e no lugar certo.

Quando o Iveco Z Truck está estacionado, o motorista pode reconfigurar o interior da cabina para explorar plenamente o aspecto de vida e de partilha. A parede deslizante em slides traseira volta automaticamente, adicionando 500mm de comprimento interior e aumentando o espaço para o melhor conforto do caminhoneiro. Isto torna possível usar todos os recursos e facilidades que o motorista pode precisar, tais como uma cama dobrável, chuveiro, cozinha, geladeira, pia e aparelhos para entretenimento.

3

O HMI é projetado para assegurar que o motorista tenha visibilidade completa, versátil e para fornecer dados. As informações sobre as funções do caminhão que se tornam necessárias e mudam de acordo com o que o motorista precisa no momento, são projetadas contra o para-brisa inteligente A conectividade ativa com os pneus Michelin possibilita fornecer dados em tempo real sobre a pressão dos pneus, temperatura e uso de informações que podem melhorar significativamente a segurança do caminhoneiro.

Os pneus apresentam etiquetas RFID embutidas, que podem acompanhar cada pneumático durante todo seu ciclo de vida, fornecendo dados como, o tipo, tamanho, nome do modelo, desgaste, desempenho ou temperatura. Usado com sensores de sistema de monitoramento de pressão dos pneus sobre os aros, eles também podem fornecer dados sobre como está a pressão.

O motor, que desenvolve 460hp e 2.000Nm de torque, é da nova geração de LNG Iveco Z Truck e funciona com biometano, que é derivado de biogás refinado. Este combustível desempenha um papel fundamental na busca da CNH Industrial para desenvolver modos de transporte sustentáveis em seu caminho. O caminhão do futuro está equipado com transmissão automatizada de 16 velocidade.

4

Compromisso do Iveco à inovação e à constante evolução na área da tecnologia do LNG é também abraçado pela Petronas lubrificantes International, que apoiou o desenvolvimento da Na verdade, o LNG usado em conjunto com óleos de motor de baixa viscosidade da Petronas Urânia, contribui para alcançar o objetivo de emissões zero, melhorar ainda mais a eficiência de combustível.

5

Ele adota um novo tanque de conceito desenvolvido com SAG, ou seja, é feito de alumínio isolado com um novo sistema chamado MLI (multi camada de isolamento), uma película reflexiva que protege da radiação de calor. Dispõe de uma tecnologia que permite uma forma quadrada, o que torna possível otimizar a utilização do espaço e acomodar dois tanques com uma única recarga. Os tanques têm uma capacidade total de 1200 litros, resultando em autonomia de 2.200km – 60% a mais que o atual Stralis NP e ainda mais do que um veículo a diesel.