Produtos brasileiros sucesso no IAA

27/09/2016 às 1:45 - Atualizado em 05/10/2016 às 9:55

caminhao_MAN-1

A MAN Latin America, responsável Volkswagen Caminhões e Ônibus na recém criada holding Volkswagen Truck & Bus,  anunciou seu plano de internacionalização durante a sua participação no IAA.

Além disso, ela levou para a Alemanha, na IAA 2016, suas soluções de transporte para mercados emergentes. Ao comemorar seu 35º aniversário e os 20 anos de sua fábrica brasileira, a empresa exibe atrações com foco em tecnologia, sustentabilidade e conectividade.

O VW Constellation 24.280, favorito do transporte brasileiro há oito anos ininterruptos, desembarcou na Alemanha equipado com kit GNV. O protótipo tem estimadas baixas de 20% nas emissões de CO2 frente aos motores diesel.

Com autonomia de até 200 quilômetros, o sistema de armazenagem de gás natural não altera a capacidade de carga útil, a mesma para a versão a diesel, podendo levar até 10 pallets de 1.250 quilos, o equivalente a cerca de 9.400 garrafas, no caso do transporte de bebidas, por exemplo.

caminhao_MAN-2Dentre as principais especificações técnicas do modelo estão motorização MAN E0836 de 280 cavalos, transmissão manual de seis velocidades e a já consagrada tecnologia Smart Ratio, patenteada e totalmente desenvolvida pela Engenharia da MAN Latin America em Resende, que torna possível aproveitar ao máximo as duas relações do eixo e multiplicar o potencial da caixa.

Outro destaque no estande foi o VW 25.420 8×2 série Prime, que celebra os dez anos de lançamento da linha Constellation, a favorita no mercado brasileiro. Com acabamento interno diferenciado, cor exclusiva, transmissão automatizada V-Tronic e outros detalhes premium que destacam ainda mais as características de qualidade mundialmente conhecidas da marca Volkswagen, o modelo em exposição enfoca o meio ambiente.

Sua cabine eco-friendly traz componentes plásticos feitos por meio de materiais recicláveis, tornando o veículo mais sustentável. Seu projeto eliminou 12 kg de massa, além de trazer em sua composição 18% de materiais recicláveis.

O mais potente veículo da gama Volkswagen Caminhões é equipado com motor Cummins ISL de 9 litros, com 420 cavalos de potência e 1.850 Nm de torque. Uma das maiores vantagens do modelo é justamente seu peso reduzido, o que proporciona capacidade de carga extra de uma tonelada na comparação com seus principais concorrentes. O modelo é equipado com caixa automatizada V-Tronic ZF de 16 marchas, o que contribui substancialmente para reduzir o consumo de combustível, ampliar a produtividade e rentabilidade da operação.

O transporte de passageiros também marcou presença no IAA e desembarca com uma solução bem brasileira: o VW Volksbus 18.280 OT LE preparado para diesel de cana-de-açúcar.

O chassi, equipado com suspensão pneumática integral, motor MAN D08 EGR de seis cilindros e 280 cavalos e transmissão automática ZF Ecolife, foi concebido para rodar com combustível renovável que reduz em 30% a 70% a emissão de NOx (óxidos de nitrogênio) e materiais particulados. O rendimento do motor é outro destaque: os ganhos chegam a 5%.

caminhao_MAN-3O VW Volksbus 18.280 tem capacidade para 40 passageiros. O chassi pode receber carrocerias de até 13,2 metros e é ideal para o transporte urbano.

A MAN Latin America ampliou as funcionalidades do Volksnet e do MAN Guard, sistemas de telemática para gerenciamento, monitoramento e rastreamento de frota voltados aos modelos Volkswagen e MAN, respectivamente.

O exclusivo relatório de Emissão de Carbono permite mensurar a emissão de CO2, aspecto que contribui para atender a metas de sustentabilidade. Cada vez mais empresas exigem de seus fornecedores ações de controle de emissões e os gráficos de cada veículo da frota podem ser usados para acompanhar, comparar e verificar o impacto de programas implementados ao longo do tempo.

Dentre as principais novidades estão também informações em tempo real de desempenho dos caminhões, isoladamente e de toda a frota, considerando-se ainda tempo de ar-condicionado ligado, movimento em faixa econômica de rotação e principais infrações cometidas durante a viagem.

Trata-se de uma ferramenta completa, focada no ganho de produtividade e na redução de custos, que pode alcançar até 20%, segundo testes iniciais. Ela auxilia, ainda, no controle de emissões, questão de fundamental importância no mundo todo.