Temer acionou ‘forças federais’ para desbloquear estradas

25/05/2018 às 3:16 - Atualizado em 06/06/2018 às 9:10

O presidente da República, Michel Temer, fez um pronunciamento. Ele falou sobre a paralisação dos caminhoneiros e suas consequências em todo o Brasil, bem como eventuais providências após o acordo da categoria com o Governo Federal. Mesmo com acordo firmado na noite de ontem (24), os caminhoneiros mantêm protestos por todo o país.

Segundo o presidente da República, desde o início da semana os brasileiros estão sofrendo com as paralisações organizadas pelos caminhoneiros. Ainda no domingo começamos a tomar providências para atender as suas demandas e ontem como todos sabem chegamos a um acordo com as lideranças nacionais, representativas dos caminhoneiros.

Temer lembra que nessa reunião foram atendidas as reivindicações prioritárias dos caminhoneiros que se comprometeram a terminar a paralisação imediatamente.

“Esse foi um compromisso em conjunto”,

Para o presidente Temer, infelizmente, uma minoria radical tem bloqueado estradas. Eu quero anunciar, portanto, de imediato que vamos implantar o plano de segurança para superar os graves efeitos do desabastecimento causados por essa paralisação.

“Comunico que acionei as forças federais de segurança para desbloquear as estradas e estou solicitando aos senhores governadores que façam o mesmo. O Governo teve a coragem de dialogar e agora o Governo terá a coragem de exercer a sua autoridade em defesa do povo brasileiro”,

diz o presidente da República Michel Temer.