Frases de para-choque

08/06/2018 às 11:04 - Atualizado em 23/07/2018 às 11:08

Apesar de toda modernidade dos caminhões, as antigas frases de para-choques ainda se perpetuam e fazem muita gente rir.

Quem não se lembra de ter lido no para-choque de um bruto uma frase engraçada, uma de família, ou outra sobre o amor? São as chamadas frases de para-choques que tiveram início nos anos 50, baseadas no filateado, que nasceu na Argentina, como um simples ornamento para embelezar carroças de tração animal que transportavam alimentos.

Com o decorrer dos anos, essas pinturas passaram a enfeitar os caminhões e ônibus e ganharam frases criativas. Graças ao movimento de cargas entre os países do Mercosul, não demorou para que os motoristas brasileiros gostassem dessa iniciativa.

Apesar de toda modernidade dos caminhões atuais, as frases de para-choques transpuseram o tempo e continuam sucesso, afinal elas acabaram fazendo parte da vida do caminhoneiro no seu dia a dia.

Apesar de essa prática ser antiga, ainda existem por aí especialistas em pinturas de para-choques, que levam consigo rascunhos e seleções recheadas de ditos, piadas e lições de vida; propondo-se a realizar seu trabalho artístico na traseira do caminhão.

O caminhoneiro Eduardo Régis, na estrada há oito anos, é autônomo e, no momento da entrevista, tinha na carroceria de seu veículo 7.500 tijolos. Conheço muitas dessas frases. Têm motoristas que pintam em seus veículos esses dizeres. Quando foi questionado se lembra de um, Régis respondeu: Agora você me pegou, fala rindo. “Estou um pouco nervoso. O caminhão ficou sem embreagem e eu estou com a minha cabeça quente”, comenta parado em uma oficina na rodovia Castelo Branco.

Eduardo Régis: “Admira as frases”

Ele admira as frases de para-choques: “É até bonito de se ler e ver. Elas animam a gente na estrada. Quando eu vejo uma engraçada, fico rindo sozinho”.

Fã também desse tipo de cultura popular, Genivaldo da Cruz, 28 anos de estrada, é de Mato Grosso e carrega no Scania G 420 madeira para São Paulo e Rio de Janeiro.

Genivaldo Cruz: “É bom criá-las”

“A frase é uma criação de cada um. Particularmente, não gosto de frases de sogras. O bonito é você criar uma frase de uma determinada região, sobre ecossistema, enfim que combine com o serviço da gente. Não ficar falando sobre sogras, políticos, não pega bem. Uma frase que vi e me lembro é: “Na curva do meu coração capotei o meu caminhão”.

Ela rima do começo ao fim. Os caminhões estão mais modernos e as frases também precisam acompanhar essa evolução e ter propósito como já falei”, reforça Cruz.

Marcos Paiva é autônomo e carrega em seu Volvo cargas variadas. “Se for criativa gosto de ler a frase na traseira de um caminhão. No entanto, existem algumas que acabam não transmitindo nada. Eu mesmo se tivesse a oportunidade pintaria uma no meu caminhão. Essas frases já viraram tradição na vida do caminhoneiro”, fala Paiva lembrando que essa prática passou a fazer parte do folclore sobre o trânsito de veículos nas estradas brasileiras, chamando a atenção de todos os viajantes. Quem, durante uma viagem, não se divertiu lendo frases de para-choques de caminhões?

Marcos Paiva: “Viraram tradição”

Daniel Baceti é contratado e está na profissão há 10 anos. Ele é responsável pelo transporte de areia, percorrendo regiões do Estado de São Paulo. “Na estrada já li algumas frases nas traseiras dos caminhões, mas confesso que aprecio mais ou menos. Sei que boa parte dos meus colegas de trabalho gosta e, portanto, respeito essa tradição. No entanto, não pintaria no meu veículo”, diz.

Daniel Baceti: “Já li muitas”

Nos dias atuais, não se veem tantos caminhões com frases em seus para-choques devido à terceirização de frotas, que, em geral, apresenta veículos que obedecem a certas padronizações. Mas, com certeza, surgiu uma espécie de “cultura do caminhoneiro” que vem se perpetuando, vencendo os anos e ganhando espaço na internet. Hoje, existem sites com verdadeiras coleções de frases que antes eram registradas em cadernetas que os pintores de para-choques levavam para que caminhoneiro pudesse escolher a frase ideal e pintar no seu bruto.

 

DIVIRTA-SE!

 

Mulher é como abelha: ou dá mel ou ferroada.

 

Se casamento fosse bom não precisaria de testemunhas.

 

Pobre é igual disco de embreagem: quanto mais trabalha, mais liso fica.

 

Mulher bonita e dinheiro só vejo na mão dos outros.

 

Quem anda apressado passa por cima do que precisa.

 

Costurar é para modista; permaneça na sua faixa.

 

Gostou? Mande mais para gente!